OS 111 GOLOS DE RONALDO

03-09-2021 | 11:11 | | |

OS 111 GOLOS DE RONALDO

Escrito por Filipe Bastos

Eu sei que até cansa, tantas as vezes que falo do assunto Ronaldo. Mas a verdade é que ele não deixa também de ‘cansar’ com os recordes que bate uns atrás dos outros. Agora, para obter o de melhor marcador por seleções no Mundo, ultrapassando os 109 do Iraniano Ali Daei, Ronaldo fê-lo, obrigando os portugueses a sofrer. Começou por falhar uma grande penalidade, coisa rara nele, e fez-nos esperar pelo último segundo do jogo para nos dar a vitória e passar para 111 golos obtidos pela seleção portuguesa. Confesso que, dado que não foi um dos seus melhores dias, temi pela vitória e pelo recorde. Mas Ronaldo é um ser com uma  força mental incrível. As coisas não estavam a sair, mas ele não desistiu. A explosão que teve (que o afasta, até, do jogo com o Azerbaijão) demonstra o que ele gosta de jogar pela seleção e o sentimento que o invadiu na altura. Estou convencido que em Manchester, no United, o treinador, a família Glazer, dona do clube e milhões de adeptos, nos pub’s, saltaram no segundo golo dos bancos como molas e regaram as gargantas com cerveja para gritar bem alto o nome de Ronaldo pois ainda acreditam que os pode ajudar a voltar a ganhar o título inglês  e, por que não, a Champions. Ainda por cima, têm, como bónus, Ronaldo mais cedo do que o previsto, dispensado da seleção. Onde ele está, pese embora a sua idade, o sonho pode tornar-se realidade. Sim, Ronaldo é um alimentador de sonhos. Daqueles que leva os adeptos ao estádio a pensar que o tendo na equipa tudo é possível. Estive há dias no Museu do Ronaldo, na Madeira, terceira ou quarta visita que lhe fiz, e estou já a imaginar o local onde colocará as duas bolas que enfiou na baliza dos irlandeses que foram atrevidos e saíram frustrados  porque, a verdade - não se colocando em causa a superioridade portuguesa -  é que eles fizeram, também uma excelente partida que é, garantidamente, uma aviso: nenhum jogo de futebol está antecipadamente ganho. Mesmo que a equipa adversária seja manifestamente mais fraca. Bom, a não ser que Ronaldo esteja em campo.