JORGE SAMPAIO: MORREU UM HOMEM SÉRIO

17-09-2021 | 11:34 | | |

JORGE SAMPAIO: MORREU UM HOMEM SÉRIO

Escrito por Filipe Bastos

Na generalidade, quando alguém morre, quase sempre se diz que era boa pessoa. Mas nem sempre é assim. Significa que, muitas vezes, se diz isso hipocritamente. Porque morrer, morremos todos. Os que são boas pessoas e os que o são menos. Neste caso, Sampaio era mesmo boa pessoa. Sim, eu sei que não tratei com ele de perto. Estive apenas ocasionalmente.  Não frequentava o Palácio de Belém. Não o tratava, pois, por tu. Mas isso não me impede de ter acompanhado a vida de Jorge Sampaio ao logo destes anos, sobretudo a sua ação política e cívica (que continuou, aliás, para além do mandato como presidente da República). E, na verdade, o que detenho na memória é que Sampaio esteve na política de forma séria, tendo, por isso, atingido um nível de consenso em volta da sua pessoa que não é muito fácil encontrar em figuras públicas. E isso sentiu-se nos dias de luto. O povo despediu-se dele com carinho. Sentiu-se que tinha morrido uma pessoa de bem.