COITADO, DE PIJAMA! QUE HUMILHAÇÃO...

30-12-2021 | 12:12 | | |

COITADO, DE PIJAMA! QUE HUMILHAÇÃO...

Escrito por Filipe Bastos

A polícia chegou cedo. Sem avisar. Eram, pelos vistos, 7h da manhã. Ainda por cima, sábado. Quando as pessoas descansam dos seus afazeres semanais, um pouco até mais tarde. O senhor, como era cedo, estava, ainda, na sua indumentária de dormir e ainda sem fazer a barba. A polícia achou que o mais importante era a sua detenção e não o aspeto físico e disparou. Não, não foi  a pistola porque ele não ofereceu resistência. Disparou a máquina fotográfica. O senhor aparece de pijama. Mas não era um pijama qualquer. Era da empresa de aviação do Qatar que é fornecido a quem viaja, claro, em primeira classe. A indignação foi geral. Que humilhação (!), soltaram, em coro, as virgens ofendidas. Não se faz: tirar uma foto a um senhor em pijama? Há lá humilhação mais humilhante (a redundância é propositada). Foi Marques Mendes, foi mesmo uma diretora adjunta da PJ, enfim. Um carpir mágoas que verdadeiramente me condoeu. Quase chorei de tamanha emoção. O senhor, fotografado em pijama? Não se faz. É humilhante. E eu a julgar que humilhante era João Rendeiro - sim era sobre ele que falava - ter roubado milhares de pessoas que viram muitas das suas poupanças voarem para o seu bolso, de forma a que pudesse ter um pijama da Qatar Airways. Sim, eu a julgar que humilhante era o que ele tinha feito à polícia e à justiça ao fugir do país. Mas não. Humilhante é a foto de pijama que a Comunicação Social mostrou. E eu a julgar que humilhante é passarmos nas ruas das principais ruas e praças das grandes metrópoles e ver centenas de pessoas sem local para se deitar, que não sejam as pedras da rua, ou em filas para obterem uma refeição que lhes permita atenuar a fome que passam... Como sou ingénuo. Sim, é que não me lembro de ouvir Marques Mendes e outros que tais clamarem nas TV contra esta, sim, verdadeira e inqualificável, humilhação.